The Killing – Primeira Temporada

15

Oii pessoal, tudo bem com vocês?

Bom pessoas hoje venho falar da primeira temporada da série The Killing, uma série americana baseada em um seriado dinamarquês chamado Forbrydelsen que também está disponível na Netflix. Adoro drama de suspense investigativo mas The Killing  estava na minha lista de séries para assistir já fazia um tempo e finalmente dei uma chance, só posso dizer que não me arrependi. A série é simplesmente genial, impossível assistir a só um episódio, é viciante!

O drama se passa em Seatle, e a detetive de homicídios Sarah Liden está se despedindo do trabalho estando de partida da cidade com o filho e seu noivo. Em seu último dia de trabalho ela conhece o detetive Holder e encontra o corpo de uma adolescente, Rosie Larsen. Sarah está de partida mas não consegue abandonar o caso que se mostra  muito mais complicado e obscuro do que parecia e adia sua partida.

3bb74644c5c9aabec551a31e0bfb52cd

A cada novo episódio uma pista nova aparece e o mistério vai ganhando mais força. Temos três histórias principais que se desenrolam durante a primeira temporada, estando todas elas interligadas: a investigação policial sobre a estranha morte da garota, o drama de sua família na tentativa de superar a perda, e uma intrincada campanha política.

A personagem Sarah Liden é uma mulher forte e obstinada que tem um grande dilema: Largar tudo e viver uma vida normal com seu filho, casar e ter uma vida nova longe de tudo ou se envolver ainda mais em buscas de respostas ocultas. E é claro Sarah não consegue simplesmente deixar para trás um caso sem solução.

poster-the-killing

Holder seu parceiro, tem um passado obscuro e seu jeito de trabalhar entra em conflito com Sarah o que torna esse combate de personalidades entre os dois bem interessante. As tiradas irônicas de Holder e seu jeito de trabalhar em contrapartida com a experiência de Sarah e suas cartadas certeiras tornam a dupla bem cativante.

A investigação sobre um assassinato uma garota de dezesseis anos morta brutalmente não vai ser nada fácil e Sarah e Holder tem muitas pistas falsas em seu caminho até encontrarem a verdade. O que dizer sobre essa primeira temporada que conseguiu me viciar a ponto de maratonar 13 episódios em um único dia? Eletrizante 😀

the-killing-amc-poster-thumb

Stranger Things: Primeiras Impressões

Stranger-Things

Vamos falar da série mais falada do momento? Stranger Things virou rapidamente um fenômeno sendo uma das séries mais comentadas e alcançando um sucesso de audiência logo em sua estréia. E por que tudo isso? Primeiramente o roteiro da série te prende do começo ao fim, um elenco incrível, trilha sonora perfeita, infinitas referências nostálgicas dos anos 80, e uma mistura de mistério e fantasia que faz da trama um grande sucesso.

Tudo começa quando um garotinho chamado Will desaparece misteriosamente. Sua mãe Joyce (Winona Ryder) pede desesperadamente ajuda a polícia local para encontrarem o garoto e segue então uma busca onde coisas muito estranhas começam a acontecer.

A série é ambientada nos anos 80 e os irmãos Duffer trouxeram tantas referências dessa época que torna a série uma homenagem nostálgica à clássicos como E.T o Extraterrestre, Os Goonies, Alien e tantos outros. Mas tantas referências não marcou, pelo menos na minha opinião, a série como algo não original, pelo contrário. É como se você fosse apresentado a um mundo do qual você já conhece, um chão onde já tenha pisado. Não tem como não embarcar e comprar a idéia desse mundo com uma áurea de fantasia mesclado ao terror e suspense.

Na série temos o núcleo dos adultos, representados muito bem por Winona Ryder, em sua bela estréia em uma série. O papel de mãe desesperada beirada a loucura caiu como uma luva para a atriz. Nesse time também temos o delegado Hopper (David Harbour), um cara aparentemente super desleixado e indiferente, mas que ao longo dos episódios vai ganhado uma participação super importante na trama se tornando um personagem de peso.

Já no núcleo adolescente temos a grata surpresa ao ver clássicos clichês que ao longo da trama vão sendo subvertidos. Nesse exemplo temos o triângulo amoroso entre Nancy (a garota certinha e apaixonada pelo bad boy), Steve (o bad boy popular da escola) e Jonathan (irmão mas velho de Will e esquisitão da turma).

E a grande cereja do bolo vai para o núcleo infantil, onde as crianças simplesmente arrasam! Os três amigos, Mike(Finn Wolfhard), Dustin (Gaten Matarazzo) e Lucas (Caleb McLaughlin) encaram a missão de encontrar o amigo perdido a todo custo e nesse jornada acabam encontrando em seu caminho uma garota muito estranha chamada Eleven (Millie Bobby Brown), esta última simplesmente rouba a cena, com suas frases monossilábicas sua interpretação fica por conta das suas incríveis expressões faciais. Essa garotinha vai longe!

Juntamos todos esses ingredientes num caldeirão junto com uma pitada de ficção científica, um saladão de  referências à cultura pop dos anos oitenta e TCHARAM: Lá estamos nós nos sentindo dentro de um livro do Stephen King. Não tem como não amar. Essa produção na Netflix não fez simplesmente nos viciarmos em apenas oito episódios como nos fez querer e pedir mais, muito mais de Stranger Things! Esperando ansiosamente por mais uma temporada! 😀

Minhas primeiras impressões sobre Stranger Things? As melhores possíveis 🙂

5 Razões para você se apaixonar por Gilmore Girls à primeira vista

Gilmore Girls gira em torno da vida de Lorelai Gilmore e sua filha Rory na pequena cidadezinha de Stars Hollow. Se ainda não viu então ae vai 5 bom motivos para você não perder mais tempo e conhecer logo essas duas figuras:

1. Diálogos rápidos e divertidos

gilmore-girls

Uma das características mais marcantes da série são os diálogos rápidos cheios de tiradas sarcásticas e recheados de diversas referências interessantes. Impossível assistir a um episódio sem dar alguma risada de pelo menos uma frase de Lorelai.

2. Os habitantes de Stars Hollow

stars hollow

Depois de assistir garanto que vai ficar com vontade de fazer as malas e partir para essa cidadezinha cheia de charme e conhecer seus excêntricos moradores. Você vai adorar as reuniões comunitárias e principalmente as pautas absurdas e as brigas sobre o “embelezamento da cidade” entre Luke e Taylor. Uma comédia.

3. As referências literárias

Rory-Gilmore-Reading

Ao longo da série nós temos diversas referências literárias. Isso tudo porque Rory é uma leitora voraz e é raro uma cena em que ela não esteja lendo ou citando algum autor. Como não nos identificar com a personagem rs?

4. As situações hilárias das garotas Gilmore

gilmore

Lorelai e Rory passam juntas ao longo das temporadas por diversas situações amalucadas. As duas encaram de tudo, desde uma invasão a um dormitório de Harvard a tacar ovos cozidos em carros alheios. Essa dupla é imbatível.

5. Relação entre mãe e filha

rory e lorelai

Claro que o ponto alto da série é a relação entre Lorelai e Rory. As duas antes de mãe e filha são melhores amigas. Elas dividem tudo: as roupas, pulseiras, os segredos, os sonhos e o amor pelo café. Elas estão sempre juntas e essa relação genuína entre as duas e o que dá o tom todo especial a série.<3

Poderia citar um zilhão de motivos para você simplesmente se apaixonar pela jornada das garotas Gilmore, mas se depois desses 5 motivos você não se render a essas duas então vamos ter que fazer um estudo aprofundado sobre você rsrs

Lorelai-and-Rory-lorelai-and-rory-gilmore-24240155-500-220.gif

63682350-dc94-0132-4633-0ebc4eccb42f

hug.gif

Eles estão de volta

FULLER-HOUSE-TEASE-002-TODAY-160209

A Netflix trouxe de volta a galera de “Três é demais”, série que foi ao ar entre 1987 e 1995. Aqui no Brasil foi exibida pela emissora Globo e também pelo SBT.

Assim como “Full house”, a versão antiga da série, onde Danny Tanner é um víuvo que recruta seu cunhado e seu melhor amigo para ajudar a criar suas três filhas, temos agora Dj Tanner na mesma situação. Sozinha e viúva, se vê enfrentando as mesmas dificuldades do pai para criar seus três filhos. Temos então em Fuller House uma versão feminina da série, onde Dj vai contar com a ajuda de Stephanie, sua irmã e da Kimmy sua melhor amiga.

Fuller House funciona como uma nostalgia para quem acompanhava Full House e se perguntava como estariam os personagens hoje em dia. Imagina que delícia que é rever todos os personagens e melhor: na mesma casa rs.

fuller-house-01

A série segue o mesmo caminho de “Três é demais”. Não era esperado nada diferente mesmo né? As mesmas piadas, basicamente a mesma trama e a mesma proposta. Dj é nossa protagonista e sustenta bem assim. Não espere demais, só se delicie com a nostalgia. É aquela série com gostinho de família. E os personagens novos são uma gracinha: Jackson, Max (coisa fofa) e o bebê Tommy filhos da Dj; e Ramona filha da Kimmy.

24920113

Não espere cair de gargalhadas ou coisa do tipo, mas tenho certeza que em 13 episódios essa turma cumpre com sua missão proposta: conquistar você aos pouquinhos, de forma simples e sincera, sem exageros e ao mesmo tempo com muito sentimentalismo rsrs

fuller-house-images-slice-600x200

Além de tudo vale a pena rever o querido tio Jesse (verdadeira razão pela qual eu assitia Full House :p) ❤

5 Razões para não desistir de Grey’s Anatomy

Quem acompanha séries assim como eu sabe como é difícil depois de um certo tempo não se apegar a alguns personagens. Com Grey’s Anatomy não é diferente. Depois de onze temporadas você já pode dizer que chorou tantos litros que daria para abastecer um oceano inteiro com suas lágrimas. E se você se apegar demais a algum personagem cuidado porque titia Shonda não terá dó nem piedade do seu pobre coração. É, com tantos anos no ar é normal que a série venha a passar por muitos altos e baixos mas se você é como eu e não consegue largar o osso vai continuar acompanhando mesmo tendo jurado que iria desistir. Não tem jeito, amor fala mais alto e então você lembra por tudo o que vocês passaram juntos e dez anos não podem ser jogados fora. Por isso trouxe cinco razões para convencer os fãs (ou eu mesmo) de não desistirem da série.

1.Vocês tem uma história – são onze temporadas, anos de sofrência, anos de alegria e emoção, não pode simplesmente abandonar o barco, seja firme. Se bater aquela saudade você pode sempre reviver as antigas temporadas.

serie-greys-anatomy-assistir-series-online

2.Os casos médicos são demais – Não tem como não se emocionar com os casos médicos, porque em grey’s você não se envolve somente com os dramas pessoais dos médicos mas também dos pacientes. É humanamente impossível dizer que você não irá se emocionar em algum episódio. Dez anos assistindo a série você já sai com diploma de medicina 🙂 E vamos combinar os roteiristas são muito criativos e pode apostar que depois de tantos anos ainda terá mais casos que te emocionem.

asdfgh

3. Os personagens são incríveis e reais –  Personagens vem e vão em Grey’s e alguns dão muito certo, por isso mesmo que algum personagem querido seu vá embora ou parta dessa para melhor, sempre terá um outro desejando habitar seu coração.

normal_12329

4.Meredith ainda não morreu –  Seu personagem favorito bateu as botas? Calma enquanto nossa querida Meredith estiver firme e forte estaremos lá para apoiá-la. E a coitadinha já passou por tanta coisa né?! (afogamento, tiroteio,queda de avião, morte da mãe) não da para abandoná-la agora.

meredhit

5. Muita água vai rolar – O carrossel não pára de girar não é mesmo? Então muita coisa ainda pode rolar nessa nova fase de Grey’s anatomy, além do mais  Meredith Grey  é o Sol e algo me diz que ela ainda irá brilhar por um bom tempo.

Greys-Anatomy-11x24

Também é fã da série? deixe um comentáro !

Bjinhos :*

Minissérie Little Dorrit

pipe09-dorrit-bigHoje vou falar dessa belíssima minissérie produzida pela BBC em 2008 baseada na obra de Charles Dickens de 1850. A série contém 14 episódios, o que é de certa maneira incomum para os padrões da BBC. São 14 episódio cansativos? claro que não, assisti a série toda em 2 dias me deliciando com cada episódio, sendo o primeiro e o último de 60 minutos e os restantes todos com meia hora de duração. Sim, talvéz esses episódios poderiam ser resumidos em pelo menos a metade mas eu particularmente não me importei nenhum pouco em aproveitar todos esses 14 episódios de uma produção rica e bonita de se ver. Então sobre o que vamos ver em Little Dorrit?

images (2)

Vamos conhecer a vida de Amy Dorrit, filha de William Dorrit ela nasceu na prisão de Marshalsea onde seu pai está preso por dívida. Willian Dorrit é um personagem interessante, no começo achei bem absurda essa idéia da prisão para devedores e fiquei bem impressionada de saber que realmente existia. William vive na prisão a décadas, sendo a figura mais antiga por lá, por esse motivo é muito respeitado por todos desfrutando de uma posição privilegiada. O mais interessante é que os visitantes podem ir e vir na prisão mas em um determinado momento o sino toca e se o visitante não atravessar os portões até determinado horário então é obrigado a passar a noite no lugar. William como eu ia dizendo é um personagem interessante, eu particularmente não gosto dele, no começo um homem que faz questão de lembrar que mesmo estando em uma prisão é um cavalheiro e que é bem respeitado na prisão por esse motivo, e posteriormente sua maneira grosseira de evitar o passado a todo o custo. Não gosto do personagem mas o compreendo, um pobre homem que passou mais de 20 anos encarcerado e no final da vida mal pode aproveitar sua liberdade pois sua alma esta atormentada pelos anos em que passou na prisão. Triste mesmo. Amy então passa a trabalhar como costureira na casa da Mrs. Clennam, uma senhora semi-inválida que vive em uma casa em ruínas com seus dois empregados, o estranho Jeremiah Flintwinch e sua esposa Affery. Vamos conhecer também Arthur Clennam, interpretado pelo queridíssimo Mattewtumblr_ljwyrgElL51qgjh4yo1_400 macfadyen (suspiros), filho da Mrs. Clennam que retorna da China após a morte de seu pai. O último desejo de seu pai era de que Arthur retornasse à Inglaterra e entregasse pessoalmente a sua mãe um relógio de bolso onde está escrito dentro em um bilhete: ” Não esquecer“. Arthur não faz idéia do que tudo aquilo significa mas de uma coisa ele tem certeza e não vai desistir de descobrir: há um segredo em sua família, onde alguém saiu prejudicado. E ele está determinado a consertar assim como seu pai lhe pediu em seu leito de morte.

images (6)

Quando Arthur retorna ele é tratado friamente pela sua mãe e descobrimos que foi tratado assim a vida inteira por ela, a relação dos dois não é nada boa e a velha senhora se nega a contar qualquer coisa que explique as últimas palavras de seu pai ou o relógio que ele lhe pediu para entregar pessoalmente à sua mãe. Porém Arthur estranha e muito a presença da pequena Amy na casa da sua mãe pois vendo a maneira gentil como a velha a trata e conhecendo o perfil da mãe que não é nada inclinada a caridade, percebe que alguma coisa errada ronda a velha casa e está decidido a desvendar o mistério. Dessa forma ele descobre a maneira como Amy vive, se tornado amigo dela e de seu pai, decidido a todo custo ajudá-los e ao mesmo tempo descobrir se os seus infortúnios estão de alguma forma ligados à sua família.

p01l2y1v eb47d3fefd4040864596ec80c3ae0b25fc693169 tumblr_lfz1om7L4q1qzqrif

A história é repleta de personagens, mas todos eles tem sua importância na trama (alguns nem tanto), outros vão crescendo no decorrer dos episódios se tornando até mesmo queridos como o Mr. Pancks ( e sua terrível respiração de porco), outros poderiam até ser dispensados como a misteriosa senhorita Wade e Tattycoram, assim como Meagles Pet e Henry Gowan. Outros são importantes apesar de terrivelmente insuportáveis como o temível Rigaud, um assassino recém saído da prisão que por seus próprios meios possui o segredo da família Clennam nas mãos e tenta de todas as formas tirar proveito disso.

Quando as investigações de Arthur o levam a descobrir uma herança destinada ao velho Willian Dorrit este mesmo se vê finalmente livre da prisão e a vida da pobre Amy muda radicalmente. Amy é a bondade em pessoa assim como Arthur, um perfeito cavalheiro. Ela logo se apaixona por ele mas Arthur não percebe apesar de isso ser estampado no rosto da probrezinha. Ela estava acostumada a sua vida antiga, cresceu na prisão e essa é a vida que sempre conheceu, e a mudança que essa herança traz a sua vida não a deixam feliz, principalmente pela súbita  mudança de comportamento do seu pai que quer de toda maneira apagar qualquer lembrança do seu passado e sendo assim se afasta de  Arthur Clennam de uma forma muito injusta.

.images (1) images (5)

Mas o que Arthur não sabe é que essa reviravolta na vida dos Dorrit nada tem a ver com o mistério de sua família e que algo muito maior o liga à Amy Dorrit.

images (4) Mezzanine_006.jpg.fit.344x192

É somente no último episódio que tal segredo é revelado, mantendo o mistério até o fim. Adorei e recomendo essa minissérie muito bem produzida.

Vale a pena destacar alguns personagens como:

O pobre Chivery, carcereiro da prisão e amigo de infância de Amy que é perdidamente apaixonado por ela. O pobrezinho faz incansáveis declarações sobre seu amor não correspondido chegando até a ser engraçado em alguns momentos de tão melodramático que ele é em  seus discursos:

Little-Dorrit-little-dorrit-17625299-400-267

russell tovey

O velho Flintwinch e seu jeito sinistro. Chega a ser engraçado a maneira como sua esposa Affery morre de medo dele.

LD-Flintwinch

Mr. Pancks é aquele personagem que você começa odiando e depois aprende a gostar.

download

Arthur Clennam é o típico bom moço. Cavalheiro, dedicado e honrado acima de tudo. É generoso e se recusa a fugir dos seus compromissos até o fim, mostrando coragem e honestidade. Apaixonante.

images (7)

Uma boa pedida para quem é apaixonado por clássicos. Segue a dica  🙂

Jane Eyre – BBC 2006

MAST_003701MTJaneEyre_0900

Cada vez que assisto uma série da BBC me apaixono mais. Com Jane Eyre não foi diferente. Ainda não li o livro mais depois de conhecer a história através da série estou agora ansiosa para ler a obra de Charlotte Brontë’s. Achei tudo lindo, a caracterização, os personagens, os atores. Aliás tudo nesse tipo de série me agrada além da trama ser bem envolvente. A história vai nos apresentar a vida de Jane Eyre desde sua infância e os caminhos que a levaram até Thornfield hall

Jane é orfã de pai e mãe e é adotada pelo tio, porém este em seu leito de morte faz sua esposa prometer que cuidará de Jane como se ela fosse sua própria filha. Mas a tia de Jane a detesta e a manda para um colégio interno onde passa oito anos da sua vida. Depois disso Jane consegue um emprego em Thornfield Hall como preceptora da jovem Adèle, a pupila de Edward Rochester.

producer_0Jane é uma mulher contida e reservada, que sofreu na infância com a agressão e rejeição e mesmo assim diz não sentir mágoa. É uma mulher que não conhece o amor, nunca o recebeu e tem sonhos de conhecer lugares diferentes, de ser livre.

Então depois de passar três meses na mansão ela finalmente conhece o dono na casa: Mr.Rochester. Um homem misterioso, muitas vezes rude e irônico. No começo fica díficl imaginar uma aproximação entre eles, mas logo as semelhanças entre os dois os aproxima, e Mr. Rochester que mal passava alguns dias na mansão passa a se tornar uma presença frequente. Jane aos poucos se apaixona por ele e sofre calada pois tem motivos para acreditar que ele se casará em breve. Mr Rochester parece a todo o momento querer ler os pensamentos de Jane, conhecer seus sentimentos. Porém ele mesmo guarda um segredo e Jane começa a desconfiar quando uma série de acontecimentos estranhos passam a se tornam rotina na mansão: risadas na madrugada, barulhos nos corredores, e quando o quarto de Edward é incendiado e ele quase morre sendo salvo por Jane que o acorda a tempo, as coisas vão ficando mais estranhas. Qual o segredo de Rochester? que mal ronda Thornfield? É em meio a esses mistérios que a trama se desenvolve.

tumblr_mcy451eWUp1rdfezko5_500

Quando Jane já está triste e sofrendo acreditando que terá que deixar Thornfield pois logo Edward se casará esta mesma é surpreendida por ele com um pedido de casamento. Linda a cena em que Jane explode após Edward afirmar que logo ela esquecerá dele e em seguida vem o pedido carregado de emoção ❤

jane

jane2

jane3

jane 4

é muito amor…

Tudo as mil maravilhas até o dia do casamento quando o segredo de Rochester é finalmente revelado impedindo que os dois se casem.

jane5

Completamente devastada Jane não vê outra saída a não ser abandonar Thornfield. Onde passará um ano sem ver o amado. Quase à beira da morte é encontrada por um rapaz que a leva para morar com ele e suas irmãs e lhe arranja um WBVdd4lM (1)emprego como professora. Passado algum tempo Jane descobrirá que herdou uma herança de um tio desconhecido e decide dividi-la com seus novos amigos, e descobre que o mesmo rapaz que a salvou é também seu primo St.John Rivers. Em meio a tantas reviravoltas uma coisa é certa: Jane não conseguiu esquecer Edward, por esse motivo recusa o pedido de casamento (totalmente frio) de seu primo. É quando ela se vê retornado à Thornfield Hall. Jane tem então uma surpresa desagradável: a mansão foi destruída, queimada. O que aconteceu a Mr. Rochester? Os dois poderão enfim ficar juntos? Amei a série e super recomendo!

gif jane eyre

jane7 jane8

896718fe24f14bf836c710c87858672b57e458ef images (61)