Resenha: O Dia da Morte de Denton Little

IMG_20170110_140904281 (2).jpg

Pessoas… quando eu vou na livraria geralmente já tenho em mente o livro que eu quero comprar ou pelo menos uma idéia. Dificilmente eu compro um livro que já não tenha pesquisado antes ou que tenha ouvido falar ou lido resenha. A não ser que o livro em questão me chame atenção de alguma forma: seja o título,a capa, ou a sinopse. E com esse livro aconteceu que ele me chamou a atenção com esses três motivos juntos. Primeiro o título é bem diferente e sugestivo e a capa me chamou a atenção logo de cara, e por último quando li na parte de trás do livro o seguinte trecho:

“Amanhã é o dia da minha morte. Não é tão dramático quanto parece. Desde que nasci as pessoas sabem que amanhã é o dia em que vou morrer. Aí você me pergunta: é estranho e angustiante saber que vou morrer amanhã? Pra caramba. Mas preciso usar aquele tom de narrador de trailer de filme por causa disso? Provavelmente não.”

Ai então que não pude fazer nada senão levá-lo pra casa. Imagina que louco você saber o dia da sua morte assim que você nasce. Agora imagina que louco seria se isso fosse normal para qualquer pessoa.Isso porque o governo criou uma espécie de programa que mapeia e calcula exatamente o dia da morte das pessoas. Poi isso Denton e seus pais já sabem que ele não viverá mais do que seus dezessete anos. Eles sabem o dia, mas não sabem a hora exata e o motivo da morte. Até ae tudo bem, porque super normal a pessoa já saber o dia da morte e tals, e quando o dia finalmente se aproxima Denton já tem tudo planejado: vai passar o dia do seu funeral com a família e os amigos se despedindo de todo mundo numa festa de arromba e as horas seguintes chamada de vígilia, irá passar na tranquilidade do seu lar ao redor das pessoas mais próximas relaxando e aguardado o momento final.  Mas veja bem, na véspera de sua morte, o garoto acorda com uma baita ressaca, num quarto que não é o seu, na cama de uma garota que não é a sua namorada. O pior de tudo é que Denton não se lembra de nada.

E esse é só o começo de uma série de confusões que Denton tem que enfrentar, já não bastava ser seu último dia na terra e ele agora tem que lidar com o ex namorado pegajoso e briguento da sua namora, com um cara misterioso que diz  ter conhecido sua falecida mãe biológica, a incerteza do motivo real da sua morte e o fato de ter perdido sua virgindade não com sua namorada mas com a irmã do seu melhor amigo.

O livro é divertido, é cheio de tiradas sarcástica e recheado de humor negro.  A cada página você fica curioso de saber qual vai ser a causa da morte do personagem já que começa a aparecer uma mancha estranha em sua perna que vai crescendo por todo o corpo, além de que o bad boy do ex namorado da sua garota parece que quer ser o responsável pela sua morte a todo o custo, não bastasse isso tem um maluco em um carro esportivo amarelo que já o “quase” atropelou mais de uma vez. Sem falar no triangulo amoroso entre ele, sua namorada Taryn e Veronia, irmã do seu melhor amigo Paolo.

 O livro do estreante Lance Rubin é divertido e cheio de reviravoltas. Li em um único dia, ideal para quem quer passar o tempo.

 Boa leitura!

Bjos da Ká 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s