Colagem com revista

IMG_20160325_172027986

Oiie pessoal, eu sempre fui a louca das caixinhas. Guardava milhares de caixas só por achar bonitinhas. Sempre que via uma caixa de sapato ou uma latinha diferente já pensava: da para fazer algo legal com ela. E como sempre tive muitas revistinhas do tempo que gastava dinheiro com isso rsrs… acontece que quando era adolescente ia sempre na banca comprar revistas do tipo Todateen e Capricho 🙂 … sempre fazia varias colagens com elas. E desse acervo ainda sobraram várias caixinhas e latinhas que não consigo desfazer.

IMG_20160325_171834910

Até hoje não me deixem sozinha com um pouco de cola e revista rs 😀

Da pra fazer várias colagens bem legais e o resultado fica bem bacaninha!

Bjos da Ká ! ❤

 

 

Como Água para Chocolate

como agua para chocolate

Olá pessoal tudo bem com vocês?! Hoje resolvi trazer a resenha de um livro que já li faz um tempinho mas ainda está bem vivo na memória. O livro “Como água para chocolate” da escritora mexicana Laura Esquivel, narra a história de amor entre Tita e Pedro. No méxico do século XX em uma fazenda moram Tita, sua mãe e suas duas irmãs. Tita, por ser a filha mais nova é condenada a cuidar da mãe até a morte e nunca se casar, conforme uma antiga tradição. Acontece que Tita pobrezinha se apaixona por Pedro Muzquiz e este, também perdidamente apaixonado, resolve pedir à mão de Tita em casamento. Mas a mãe de Tita proíbe permanentemente o casamento entre os dois e oferece Rosaura, sua filha mais velha para casar-se com Pedro e este então aceita o casamento para que dessa maneira consiga ficar sempre perto da amada. E então se segue o sofrimento da protagonista, condenada a cuidar da sua intragável megera  mãe.

O livro é dividido em doze capítulos e cada um deles começa com uma receita. Acontece que Tita é a cozinheira da família, e cada receita revela os sentimentos vividos por ela naquele momento. É como se os ingredientes de cada receita absorvessem o estado de espírito de Tita e provocassem as mesmas sensações naqueles que provam a comida.

IMG_20160325_154901772

O livro nos traz uma história de amor proibido, onde a pobre Tita sofre pelo seu destino. Tudo isso contado com uma mistura de sensualidade, humor e bastante fantasia. Sem dúvidas ”Como água para chocolate” traz uma narrativa diferente de todas que já li, ela tem uma forma única que difere de outras obras tornando a leitura especial.<3

Ah colegas, e se por acaso quiserem também uma experiência visual corre lá na Netflix que tem o filme homônimo da obra. Vale a pena conferir:

 

Super beijo 😀

 

Tag: A Primeira Vez a Gente Nunca Esquece

collage-2016-03-13-00_20_09-1-jpg

Olá pessoal! Vi essa Tag criada pela Letícia Porto do Blog 7 Seasons e achei muito legal  a idéia! Obrigada pela indicação 😀

Então vamos lá:

A TAG consiste em contar uma história, ela sendo engraçada, trágica ou muito assustadora e no final você por “a primeira vez a gente nunca esquece…”  Lá vai a minha:

 

Eu, lá na minha época de escola, não era bem o que se chamava de garota atlética e tal. Então tipo, não é que eu odiasse as aulas de educação física, mas não levava muito jeito na prática de esportes :P. Então num belo dia, lá estava eu praticando volêi na quadra da escola com meus colegas de sala. Naquela época como eram muitos alunos por turma então a gente se revesava no jogo. Tipo tinha uma fila, e quando alguém errasse algum lance saia do jogo e entrava na fila de novo. Como eu era tão ruim passava a maior parte na fila do que em quadra. Então lá estava eu na quadra esperando a bola chegar quando um colega monta um lavantamento perfeito para que eu atacasse e mandasse a bola com tudo para o outro time. E eu com toda a ingenuidade pensei: Por que não? Pobre garota, com minha pobre estatura reduzida eu não só não consegui mandar a bola por cima da rede como também não consegui nem tocar nela. E o pior, o PIOR meu amigos é que ( e não me perguntem como) cai na quadra e paguei maior mico. E lá fui eu para o final da fila como já de costume, só que dessa vez sob a risada geral da galera kkk :p Mas os anos passaram e aprendi a jogar voleibol, não assim como se diga: “Nossa como ela joga bem!” Mas pelo menos não voltei a pagar tal mico na frente de todo mundo. É, mas  a primeira vez a gente nunca esquece :p

E ae galera, será que alguém de vocês tem uma história legal para contar sobre alguma “primeira vez”?rsrs

A Década Errada

Blog da Clah

Diário das Palavras

O Fabuloso Mundo de Evis

Sintam-se à vontade todos aqueles que quiserem responder! Super Beijo :*

Eles estão de volta

FULLER-HOUSE-TEASE-002-TODAY-160209

A Netflix trouxe de volta a galera de “Três é demais”, série que foi ao ar entre 1987 e 1995. Aqui no Brasil foi exibida pela emissora Globo e também pelo SBT.

Assim como “Full house”, a versão antiga da série, onde Danny Tanner é um víuvo que recruta seu cunhado e seu melhor amigo para ajudar a criar suas três filhas, temos agora Dj Tanner na mesma situação. Sozinha e viúva, se vê enfrentando as mesmas dificuldades do pai para criar seus três filhos. Temos então em Fuller House uma versão feminina da série, onde Dj vai contar com a ajuda de Stephanie, sua irmã e da Kimmy sua melhor amiga.

Fuller House funciona como uma nostalgia para quem acompanhava Full House e se perguntava como estariam os personagens hoje em dia. Imagina que delícia que é rever todos os personagens e melhor: na mesma casa rs.

fuller-house-01

A série segue o mesmo caminho de “Três é demais”. Não era esperado nada diferente mesmo né? As mesmas piadas, basicamente a mesma trama e a mesma proposta. Dj é nossa protagonista e sustenta bem assim. Não espere demais, só se delicie com a nostalgia. É aquela série com gostinho de família. E os personagens novos são uma gracinha: Jackson, Max (coisa fofa) e o bebê Tommy filhos da Dj; e Ramona filha da Kimmy.

24920113

Não espere cair de gargalhadas ou coisa do tipo, mas tenho certeza que em 13 episódios essa turma cumpre com sua missão proposta: conquistar você aos pouquinhos, de forma simples e sincera, sem exageros e ao mesmo tempo com muito sentimentalismo rsrs

fuller-house-images-slice-600x200

Além de tudo vale a pena rever o querido tio Jesse (verdadeira razão pela qual eu assitia Full House :p) ❤