Carta de Adeus

“Sim, ainda não posso acreditar como tudo o que eu pude provar da perfeição pode ter fugido assim das minhas mãos. Não é mais fácil para mim, é tão difícil de aceitar como foi desde o começo. Ainda me assombro com as imagens que criei em minha mente. As imagens de um último olhar seu, de como estava sozinho quando deu seu último suspiro, e de como eu não pude segurar suas mãos uma última vez e pedir perdão. É tão difícil. A dor que deveria diminuir com o passar dos dias ao invés disso cresce mais ruidosamente dentro de mim, abrindo um buraco tão fundo, impossível de se fechar. Já não tenho mais saída, não sei se posso suportar por mais tempo. Não sinto mais o ar dentro dos meus pulmões, você levou consigo o resto de vida que ainda havia dentro de mim.

Não existe mais paz em meu coração, tão ferido e machucado, mas ele já não pertencia a mim há muito tempo. E mesmo o restante que existe dele ainda é totalmente seu. Por que tudo foi acontecer dessa maneira? Se houvesse uma única chance de poder voltar o tempo e te ter mais uma vez, juro que não pediria mais nada no mundo. Eu poderia respirar mais uma vez sem ter de sentir tanta dor. Tudo o que eu queria é ter você comigo nesse momento, mas você se foi de uma maneira tão injusta e dolorosa. Eu não poderia saber que caberia tanta saudade dentro de mim, mas não há nada que posso fazer. Como foi que deixei você partir para tão longe de mim? Se houvesse como impedir. Se a morte pudesse ser menos má comigo, me levaria em seu lugar. Não há mais caminhos para mim, não existem mais portas abertas  e todas as janelas foram fechadas. Não há lugar nenhum nesse mundo que me traga algum conforto. Não existe luz no fim do túnel. Todas as luzes foram apagadas. Eu sonho com você todas as noites. O melhor momento do meu dia é quando fecho meus olhos e consigo enxergar você perfeitamente, cada detalhe seu. Cada traço do seu rosto ignorado por qualquer pessoa. Quando posso tocar sua pele e até sentir seu cheiro ainda tão vivo na minha memória que até me faz sorrir quando estou dormindo . Talvez esse deva ser o melhor remédio. Talvez eu ainda possa dormir para sempre, e esperar que você me encontre e me tome em seus braços. Por favor amor me perdoe por ter sido tão fraca todo o tempo, me perdoe por deixá-lo partir, mas não há ferida maior em meu coração. Meu pior pesadelo é enxergar você em algum lugar frio, sozinho. Quase tão pior do que reviver a cena em que te deixei sair da minha vida. Será que ainda tenho o direito de sonhar com você? Mas sei que só posso me contentar com meus sonhos, porque é neles em que você pode voltar e me tirar desse mundo escuro. Não demore mais amor, por favor.”

lost

(by Ksouza)