O Teatro Mágico

maxresdefault

Ah meu querido O.T.M quanta nostalgia eu sinto toda vez que meus ouvidos se esbaldam com tuas canções. Me faz lembrar de uma época muito boa na minha vida, quando a menina apaixonada por teatro estava viva em mim, cheia de sonhos. A trupe O Teatro Mágico criado por Fernando Anitelli em 2003 é um projeto que reúne elementos do circo, teatro, poesia e música. O teatro mágico consegue reunir fãs de todas as idades, suas canções são pura poesia trazendo sempre mensagens positivas e do cotidiano. O grupo é um grande defensor  do movimento para livre compartilhamento de arquivos musicais via internet. Que delicia você poder se deliciar com um show de música boa, artistas circenses, malabarismo e dança em um lugar só. Como não amar?

images (45)images (46)images (48)  images (47)images (49) images (50)RTEmagicC_TEATRO_MAGICO03_560_txdam96278_d7c6ba.jpg tumblr_ls1y40Qg9Z1r3xz1uo1_500 tumblr_lt4g8l6kbe1r3xz1uo1_500 tumblr_ltsrv0DpoI1r3xz1uo1_500 tumblr_luge98taNy1qfe8uno1_500 tumblr_lunhmzvE7n1qcxukbo1_500 tumblr_lv3596f6Rn1r3xz1uo1_500_large tumblr_m5015r0Poh1r3xz1uo1_500                          tumblr_m21098zZBS1r3xz1uo1_400_large

“Mas tudo fica sustentado pela fé, na verdade ninguém sabe o que é”

“só enquanto eu respirar vou me lembrar de você

” Eu sinto que sei que sou um tanto bem maior”

“Não olhe agora estou olhando pra você”

Bom tempos… 😀

Ao som de um violino

large

Sempre tive paixão pelo som do violino, o som desse instrumento incrível é tão lindo que parece tocar direto a alma. A música tem mesmo o poder de tocar nossos sentimentos e o som único do violino é especial nesse sentido, faz sucesso não só em musicas clássicas mas até mesmo em versões mais modernas. Por isso separei videos de alguns artistas que mandam muito bem com esse instrumento. Segue a dica e aumente o som:

David Garrett – Sou fã desse cara, ele é muito bom! Toca desde os cinco anos e faz sucesso pelo mundo todo.

Lindsey Stirling tem estilo e sempre traz muita energia nos seus vídeos:

Taylor Davis – Sempre caracterizada nos videos Taylor também manda muito bem:

Bom, deu para sentir o gostinho né? 😉

Nada se compara a você

images (5)
…E o infinito apareceu
e agora não me sinto mais sozinha,
Eu vejo,
Você não vê?
Eu pertenço a você e você pertence a mim,
Eu respiro você todo o dia e quero mais
Eu sempre quero mais de você
Porque tudo é tão claro agora e antes era tão escuro?
Nada se compara a você,
Nem a brisa de uma noite fria depois de um dia quente de verão,
Nem mil diamantes se desmanchando pelo céu da boca, doce, quente e frio
Nem o macio das nuvens sob meus pés, preenchendo meu infinito, fluindo e fluindo
Eu sinto,
Você não sente?
Eu pertenço a você e você pertence à mim,
Nada se compara a você (…)

(by ksouza)

Entre o Nada

tumblr_ljah5cXPBt1qhdjvao1_500_large
Tão bonita é a melodia mas não me toca por dentro,
e eu sinto as feridas, atada pelas mãos,
sinto que você traz o fim das dores agora,
oh onde estamos ?
Você consegue saber?
Eu tinha o infinito com você
E onde estou agora?
No meio do nada
Entre o fim e o começo
Entre a chegada e o adeus  (…)    

(by ksouza)

Patrimônio – de Philip Roth

livro+patrimonioHá alguns dias conheci o livro Patrimônio do escritor Philip Roth que vai tratar sobre uma passagem de sua vida onde ele acompanha seu pai de 86 anos em uma luta contra o câncer. Essa história real narrada por Philip de uma forma inteligente onde ele descreve etapa por etapa de uma fase tão difícil em sua vida.

Herman Roth de uma hora para outra perde o movimento de grande parte do rosto levando os médicos a acreditarem que se tratava da chamada paralisia de Bell, porém logo depois ele perde a audição no ouvido direito, sua visão no olho direito também já estava debilitada. Quando a catarata resolve atacar seu olho bom Herman resolve que quer operar antes que seja tarde, seu oftalmologista então sugere novos exames a cerca da paralisia facial e a perda da audição. O médico não estava certo de que se tratava de paralisia de Bell e estava com razão, descobre-se então que Herman tinha um tumor cerebral. Começa então a luta e o dilema de Philip para contar ao seu pai sobre o tumor e a difícil decisão sobre operá-lo ou não visto que uma cirurgia como essa em um senhor de 86 anos era algo muito complicado. Cerca de quatorze horas de cirurgia, a remoção do tumor seria arriscada e complexa sem falar do pós-operatório e ainda não havia a certeza de melhora, porém era certo de que sem a cirurgia Herman pioraria muito rápido. Philip mostra como foi difícil essa passagem de sua vida, narrando o processo de decadência física de seu pai, um homem orgulhoso de suas vívidas lembranças e seu senso de crítica ácido com a desculpa de que se importava com as pessoas por isso agia desse forma, impondo conselhos. Dizia que ia continuar a chatiar e a se importar porque era assim com gente de quem gostava.

É em meio a essa batalha que a família decide que não irá submetê-lo a uma cirurgia tão arriscada, a única cirurgia a qual é submetido é para remoção da catarata garantindo assim a visão em seus últimos dias de vida.

“Ele não era um pai qualquer, era O pai, com tudo o que há para se odiar num pai e com tudo o que há para se amar” (pág 145)

images philip+roth livro+philip+roth

Dum Laga Ke Haisha

Dum-Laga-Ke-Haisha-2015-720p-download1

Dum Laga ke Haisha (em Inglês: dar em toda a sua energia) é um filme indiano lançado em fevereiro deste ano. O filme é dirigido por Sharat Katariya e estrelado por Ayushmann Khurana e Bhumi Pedneka nos papéis principais. Essa comédia romântica vai contar a história de Prem, um rapaz tímido e inseguro que é dono de uma loja de gravação de fita cassete,e Sandhya uma jovem educada que está prestes a arranjar um emprego como professora. Acontece que o pai de Prem o obriga a casar com a moça, já que não deu à ele apoio suficiente para que completasse os estudos consegue enxergar o casamento do filho como um bom negócio para a família. E assim Prem se vê casado a contragosto com uma mulher pela qual nutre certa aversão não só por ela representar tudo do qual ele estava fugindo no momento, como pelo fato da esposa ter excesso de peso. Tudo isso somado gera conflito e tensão ao recém casal além da total falta de compatibilidade entre eles.

Enquanto Sandhya tenta em vão conquistar alguma melhora no relacionamento Prem não realiza esforço algum, ignorando sua esposa completamente, mostrando assim seu completo desinteresse. Ele guarda um imenso rancor por não ter conseguido concluir os estudos e enxerga o casamento como uma condenação ao seu fracasso. Sandhya por outro lado é uma garota bem resolvida, educada, inteligente e aceita muito bem sua aparência, tenta a todo o custo conquistar a afeição do marido mais a cada dia isso parece mais impossível, até um momento em que as circunstâncias e atitudes de Prem tornam a convivência impossível e Sandhya resolve pedir o divórcio.

Prem se vê prestes a perder sua loja para a concorrência e em meio a tudo isso sua família o pressiona a participar de uma corrida organizada na cidade onde o marido tem que carregar sua esposa nas costas.

Ao longo do filme entre a indiferença e a hostilidade de Prem conseguimos dar algumas risadas com a família do rapaz, assim como de algumas situações hilárias como por exemplo o fato de Prem viver sob a ameaça de apanhar de chinelada do pai. É sim uma comédia gostosa e tocante, não é aquele tipo de filme que vai te arrancar gargalhadas até por que não é esse seu propósito, mas vai apresentar uma história encantadora e atraente ao seu modo.

Senti um pouco a falta de acompanhar mais o nascimento do sentimento que passa a crescer entre eles, mas o romance não deixa de ser explorado de outras formas, como por exemplo na própria aceitação de Prem de que falhou com a esposa.

big_356521_1423811814images (2)   images (4)images  tn1_Dum_Laga_Ke_Haisha_4_vghww_Indya101(dot)comimages (1)

Como eu era antes de Você

como eu era antes de voce

Seguindo a linha do romance me deparei com o livro Como eu era antes de Você da escritora Jojo Moyes. Minhas expectativas para o livro era que seria uma leitura romântica e como sou manteiga derretida quem sabe até me faria derramar algumas lágrimas. Ao terminar o livro confirmei todas as minhas expectativas porém achei que o final seria um pouco diferente, sim eu alimentei minhas esperanças até a última página do livro, é como dizem “a esperança é a última que morre”. Enfim, é um livro lindo, sensível e tem suas partes bem humoradas apesar de o drama principal trazer um tema até bem pesado e polêmico. É uma história de amor comovente.

Bem, no livro conhecemos Louisa Clark. Uma mulher de 26 anos, que mora com os pais, a irmã que é mãe solteira, o sobrinho pequeno e seu avô. Ela acaba de ser despedida do café em que trabalha e se vê em busca de um emprego, é nesse ponto que sua vida se encontra com a de Will Traynor, um rapaz de 35 anos, rico, inteligente e extremamente mal-humorado. Após um acidente em que foi atropelado por uma moto Will ficou tetraplégico, se tornando um homem amargo e frio com todos ao seu redor. Sua mãe contrata Louisa, mesmo ela sem ter qualificação alguma, para ser cuidadora de Will durante seis meses.

Nesse trabalho Louisa tenta de todas as maneiras mudar Will, tentando fazer com que o homem deprimido e amargurado volte a enxergar algum lado bom da vida. Porém Will tem um segredo, ele está obstinado a dar um fim ao seu sofrimento no fim do prazo de seis meses, é onde Lou tenta usar esse tempo para tentar convencê-lo de que a vida ainda vale à pena. Nessa luta ela acaba conhecendo várias coisas: que a vida pacata e sem perspectiva alguma da qual ela estava acostumada pode se transformar em algo muito maior e que a visão que tinha de si mesmo era muito pequena se comparado ao que ela pode ainda conquistar, um mundo inteiro lá fora que ela ainda pode conhecer. Em meio a tantas coisas que ela passa a aprender ela conhece algo ainda maior: o amor.

Como eu era antes de você é aquele romance que mexe com seu sentimento. Não é só mais um romance bonitinho. É algo maior. Will expõe todo o sofrimento que um homem antes ativo e esportivo, se vê preso a uma vida totalmente dependente e dolorosa demais para ser levada adiante. É um outro lado da moeda em que para alguém perfeitamente saudável é duro e difícil de se imaginar, até mesmo de aceitar que o fim pode ser a última alternativa.

É um livro que te faz pensar e te da um choque de realidade no final o que faz com esse romance fique guardado na mente por ainda mais tempo.

Medo

abracos_casal

Tenho medo de não ver mais seu olhar antes do beijo de boa noite,
Tenho medo de não sentir mais seu perfume no meu travesseiro pela manhã,
Tenho medo das palavras: Nunca Mais cruzarem meus pensamentos todos os dias,
Medo de não tocar seu rosto depois de ter te olhado por horas seguidas,
De não ouvir mais você sussurrar no meu ouvido coisas como: Eu te amo!
Não eu não posso mais viver sem isso, não agora depois de ter provado com você.
Eu tenho medo da despedida, da partida, do adeus
E se eu não puder dizer tudo isso hoje, amor, creio que não vou poder guardar por muito tempo
Porque talvez quem sabe essa seja a última chance de dizer
o quanto amo você!

(by Ksouza)

Simplesmente Acontece

simplesmente-acontece-frente_1_jpg_1000x1353_q85_crop

Simplesmente Acontece é um livro da Cecelia Ahern e conta a história de Rosie e Alex, melhores amigos desde a infância, eles são inseparáveis porém no último ano da escola as circunstâncias acabam fazendo com que Alex se mude com a família para Boston e Rosie continua em Dublin, na Irlanda. Mas esse último ano muda o rumo dos acontecimentos para Rosie, que é obrigada a mudar seus planos completamente. Alex vai cursar medicina em Harvard e Rosie tinha sido aceita para a Universidade em Boston para cursar Hotelaria, seu grande sonho. Tudo estava encaminhado, ela iria para Boston se juntar ao seu melhor amigo denovo, porém as coisas não saem como ela havia imaginado. No baile de formatura do último ano da escola Rosie iria acompanhada de Alex, porém devido um imprevisto (o primeiro de muitos!) ele perde o avião e Rosie acaba indo acompanhada de Brian e resultado: Rosie engravida naquela noite. A gravidez muda todos os seus planos e sua vida vira de pernas pro ar.

O livro todo é narrado através de cartas, e-mails e mensagens de texto. Esse tipo de narrativa tem seu lado positivo e negativo na minha opnião, pode parecer que deixa algumas lacunas na história mas de certa forma eu me prendi muito na leitura, o que tornou suas quase 500 páginas super fáceis de ler, não é nem de longe uma leitura cansativa.

Rosie e Alex continuam amigos ao longo dos anos e é engraçado como a todo o momento você acha que finalmente os dois irão ficar juntos e de repente acontece um outro imprevisto. E os anos vão passando e parece cada vez mais difícil que eles percebam que se amam e que nasceram para ficar juntos. Ok..clichê não? Mas são exatamente essas reviravoltas do livro que o torna diferente de tantas histórias parecidas de melhores amigos que descobrem que se amam e decidem ficar juntos. A Rosie é tão real e os acontecimentos na vida dela são  tão anti conto-de-fadas que torna a leitura mais divertida, por que ao mesmo tempo em que tudo o que aconteceu com ela e fez com que sua vida mudasse completamente é o que define quem ela é no momento.

Fazia um tempinho que não lia romance mas esse foi para a minha lista de favoritos. Sua narrativa diferente e leve me prendeu facilmente e me agradou desde as primeiras páginas.

Terminado o livro claro…fui conferir a adaptação 😀

Sobre o filme:

hqdefaultO livro sempre vai ser mais completo que o filme, claro traz muito mais detalhes sobre os personagens, visto que o filme é só uma adaptação da obra tem que ser levado em conta que algumas mudanças devem ser feitas para a tela. Como por exemplo acho que a passagem de tempo como há no livro não iria mesmo cair bem no filme, já que no livro acompanhamos a Rosie desde a infância até os seus 50 anos. E no filme isso só seria possível com uma mudança de atriz ou transformar uma Lily Collins com cara de quinze anos em uma jovem senhora. Enfim, aprovado o filme e livro. Os atores são ótimos, é uma trama gostosa de se ver, mas confesso que se não tivesse acompanhado o livro primeiro não ia conseguir captar tão bem esse romance nas telas como foi nas páginas do livro, já que nelas eu consegui me prender e me emocionar muito mais.

images (8) images (9) images (10) images (13) images (12) images (11)

Rindo com Dona Hermínia – Livro: Minha Mãe é Uma Peça

  • download (1)Passeando pela livraria dei de cara com o livro Minha Mãe é uma Peça do humorista Paulo Gustavo, e como já estava com vontade de ler assim que soube que ele iria lançar um livro com histórias inéditas da querida Dona Hermínia comprei na hora. Devorei o livro sem nem sentir. Foi o livro mais engraçado que eu já li na minha vida, dei risadas do primeiro até o último capítulo. No livro  temos a própria Hermínia narrando acontecimentos do seu dia-a-dia, dá dicas e conselhos de como criar os filhos, fala sobre seu relacionamento com seus vizinhos, seus filhos e seu ex-marido e carma chamado Carlos Alberto. Tudo de uma maneira super descontráida, do jeito dela mesmo. Para quem já conhece a personagem fica impossível ler e não materializá-la na sua frente e ouvir sua voz  narrando cada peróla no livro, uma mais hilária que a outra.

Dona Hermínia é uma personagem criada pelo ator e comediante Paulo Gustavo, que se inspirou em grande parte na sua mãe Dona Déa. O sucesso de Minha Mãe é uma Peça começou no teatro, em seguida foi para a TV no canal Multishow e em 2013 virou filme.

Para quem já é fã da personagem tem que conhecer o livro também. Assim como o filme você vai se divertir e muito com as peripécias da Hermínia. E para quem ainda não conhece…tá esperando o que?

Um pouquinho da Dona Hermínia: