Vlad – A última Confissão

labsec_vld_01 Vlad A última confissão,escrito por C.C. Humphreys narra a história de Vlad Tepes, principe da Valáquia, conhecido também como Vlad O Empalador, já que empalar era um de seus mais usados métodos de tortura. Era temido e passou toda a vida lutando contra os turcos sob a bandeira do Dragão, ordem religiosa da qual fazia parte. Conhecido como ”o filho do diabo” serviu de inspiração para o origem do mito do vampiro mais famoso de todos os tempos, porém o livro não trata sobre vampiros, e sim da história do homem por trás da lenda. Toda a história é narrada pela confissão de três personagens ligados à Vlad, relatando momentos de sua vida até sua morte, isso tudo porque Janos Horvathy tem a missão de colher relatos e descobrir a verdade sobre o antigo voivoda da valáquia. É um livro incrível e fácil de se envolver em suas 457 páginas muito bem escritas por Humphreys, que se utiliza de elementos reais e lendas na criação de um romance envolvente. Segundo o próprio autor ele quis escrever sobre o verdadeiro Drácula sem julgá-lo, deixando o leitor livre para tirar suas próprias conclusões. Vlad Drácula ficou conhecido por seus atos tirânicos, mas também era respeitado como guerreiro e por não tolerar crime entre seus subordinados e é considerado uma referência de ordem e justiça até hoje. Prova disso é o relato de que em sua época de governo havia uma fonte na cidade onde um cálice de ouro ficava disponível para todos beberem nele.

Principe das TrevasFalando nisso pode ser conferido também o filme Principe das Trevas – A Verdadeira Historia de Dracula, que conta também com relatos sobre a verdadeira história do principe e é claro com a lenda, já que devido a tantas histórias de atrocidades envolvendo o personagem é natural que rumores surgissem após a morte daquele conhecido também como o anticristo.

download Agora indo um pouco mais para o mito do vampiro vale também conferir Drácula – a história nunca contada lançado recentemente contando com Luke Evans no papel de Vlad Drácula. Podemos ver muitos morcegos neste filme, mas o mesmo não trata Vlad com o peso de um ser brutal e violento, ele é um herói vitima das circunstâncias que faz de tudo (até se transformar em um monstro) para salvar seu povo e sua família. Ou seja é uma história Hollywoodiana claro, mas que vale a pena conferir.

203669 Luke-Evans1

Vamos falar sobre séries?

Para passar o tempo, para rir ou chorar, não importa! Existem séries para todos os gostos e tamanhos rsrs. Por isso vou compartilhar as minhas favoritas, ou pelo menos as que eu acompanho regularmente. Mas cuidado, você pode acabar se viciando como eu 😀

Segue uma listinha dos seriados que já conferi e recomendo:

images

Grey’s Anatomy – Bem não há nem o que dizer, essa sempre será, por toda a vida, a minha primeira da lista, pois foi de fato a primeira série que eu acompanhei. E sou completamente viciada, e mesmo que tenha caído um pouco a qualidade é e sempre será a minha paixão. Bom Greys é um drama médico exibido pela BBC e já está em sua 11 temporada. A história começa girando em torno de Meredith Grey e em seus colegas também internos do hospital Seatlle Grace, focando em suas dificuldades no trabalho e em suas vidas pessoais. O que me fez me apaixonar por essa série é que ela permite ou melhor, arranca de mim tudo, desde boas risadas até baldes de lágrimas. Sim, essa com certeza é o seriado que mais me fez chorar na vida rsrs.

11-2images (2)

Impossível não se envolver com todos os personagens, não se emocionar com eles, não rir com eles. Durante todas essas temporadas me sinto tão ligadas a cada personagem que é dificl até mesmo pensar no fim da série. Super recomendo!

images (3)

Friends- Essa é o meu xodó, mora no coração. É sem duvida uma das séries de maior sucesso no mundo todo. Teve um total de dez temporadas, sendo exibida em dezenas países e arrecadado diversos prêmios. Ela foi apresentada pela NBC entre 1994 à 2004, e no Brasil foi ao ar pelo SBT e Rede TV. A série girava em torno de seis amigos: Mônica, Rachel, Phoebe, Ross, Chandler e Joey. Basicamente a série se desenrolava em dois cenários marcantes: o apartamento da Mônica e o sofá do café Central Perk. Não é atoa que até hoje os fãs sonham com um retorno da série mesmo após dez anos do término. Impossível não se viciar.

downloadimages (4)

02627659

2 Broke Girls ( Duas garotas em apuros)-  Essa foi uma descoberta recente para mim.A série narra a vida de duas garçonetes Max, uma garota pobre, e Caroline, que nasceu rica mas perdeu tudo. As duas se tornam amigas quando começam a trabalhar juntas em um restaurante. Elas tem um sonho de abrir um loja de cupcakes, para isso precisam juntar 250 mil doláres, a cada episódio é mostrado a dificuldade que elas têm em pagar as contas e tentar economizar para realizar o sonho de suas vidas.

p8680648_ce_h9_ab images (5)

A história é bem leve e divertida e vale para dar algumas risadas. Max é sarcástica e ”durona” enquanto Caroline é aquela garota rica que sofre ao se ajustar nas condições em que se vê obrigada a enfrentar.

images (6)

Once Upon a Time (Era uma vez) –    Confesso que comecei a acompanhar a série com um certo preconceito, na verdade meio que abandonei ela depois de assistir os dois primeiros episódios, mas depois de um tempo resolvi dar uma segunda chance e assistir novamente, e de lá pra cá não consegui parar. A série teve sua estréia em 2011 nos Estados Unidos e chegou a ser exibida no brasil pela rede Record. A história se passa na cidade de Storybrooke, onde os moradores são personagens de contos de fadas que foram almadiçoados por um feitiço que os transportaram para o mundo real e tiraram suas memórias. A única capaz de tirá-los dessa maldição seria Emma, a filha da branca de neve e do príncipe Encantado, o problema é que ela tem que ser convencida disso.

images (7)emma-henryimages (8)

A cada episódio vamos além do mundo real e conhecemos paralelamente a vida de cada personagem da cidade antes de serem atingidos pela maldição, no então digamos mundo do “conto de fadas”.

images (10)

My Mad Fat Diary – Essa foi uma grata surpresa, fiquei muito feliz de conhecer esse seriado e recomendo. É baseado no livro  “My Fat, Mad Teenage Diary”, escrito por Rae Earl, e teve sua estréia em 2013 pela E4. Conta a história de Rae, uma adolescente de 16 anos que tem problemas com seu peso e acaba se sair de um hospital psiquiátrico onde passou quatro meses. Ela reecontra sua amiga da época de infancia Chloe e tenta fazer parte da sua turma de amigos: Izzy, Archie, Chop e  Finn. O que me chamou mais atenção, é que não é só mais uma história de adolescente. A série aborda temas muito delicados e nos faz entrar na mente da Rae e entender todo o complexo que ela sente por ser gorda e por achar que não tem seu lugar no mundo, que não se ajusta. Um mundo no qual ela não se sente à vontade . Em muitos momentos você sofre com ela e em outros sente raiva das suas atitudes egoístas. Aos poucos ela faz parte da turma, da qual ela chama de  ”guangue”, e todos se tornam muito próximos, se apoiando um no outro, e se aceitando apesar das diferenças entre eles.

5656735images (12)images (13)images (11)

Gossip-Girl-season-4-poster-600x345

Gossip Girl (garota do blog) – Fútil? de patricinha? Bom pode ser tudo isso e mais um pouco mas não importa, o fato é que eu me apaixonei pelo romance da Blair e Chuck Bass, sim comecei a assistir a série por conta deles rsrs, passo um tempo sem assistir e vire e mexe eu retomo ela novamente, não consigo largar.A série, sobre jovens estudantes das escolas de elite no Upper East Side de Manhattan em Nova York, segue quando Serena van der Woodsen  retorna à cidade após ter ficado seis meses fora em um internato e se mantido fora do alcance de amigos e conhecidos. Os acontecimentos e histórias de cada personagem são narrados em um site por uma blogueira anônima que atende pelo pseudônimo “Gossip Girl” .A série teve seu fim em 2012 com a sexta e última temporada.

1360616219_28-ed-westwick-leighton-meester-640images (16)

Enfim, existe uma infinade de opções. Curtir um bom romance e uma boa história sempre vale à pena. As opções estão à mesa 🙂